Você sabe como é realizado o serviço de emergência em grandes hospitais? Explicamos para você. A Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é uma das maiores instituições de saúde do país e é considerada uma das melhores da América Latina. Faz o trabalho de atendimento de emergência a pacientes adultos e crianças por meio de convênios particulares. Também disponibiliza atendimento clínico durante 24 horas.

Sobre a Santa Casa de SP

Há mais de 120 anos foi fundada a Santa Casa de Misericórdia de SP. A sede veio para substituir as antigas instalações que não dispunham de estrutura suficientes para fazer atendimento dos pacientes. A construção foi arquitetada em um terreno doado que logo deu espaço a um hospital com arquitetura gótica.

Em 1963 foi criada a Faculdade de Medicina da Santa Casa. É uma instituição de ensino superior particular, que atualmente é mantida pela Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, contando com o suporte da Irmandade da Santa Casa de SP, cuja organização cedeu enfermarias e demais serviços técnicos.

A Faculdade na época de sua criação dispunha de 160 vagas para mais de 1000 candidatos que almejavam o tão disputado diploma de Medicina.

Serviço de Emergência

As crianças até 14 anos completo são atendidas na Santa Casa por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Os atendimentos específicos são encaminhados ao ambulatório específico. Os mesmos podem ser atendidos pelo ambulatório até os 17 anos de idade.

Todos os pedidos de exames, que não sejam originados do atendimento da instituição devem ser agendados diretamente pelo plantão controlador da Prefeitura de São Paulo.

Especialidades dos serviço de emergência

Alergologia

É a especialidade que diagnostica e faz o tratamento de doenças alérgicas. As intervenções consistem em exames de laboratório que são capazes de identificar a sensibilidade do organismo do paciente. Inicialmente o atendimento é feito no Pronto Socorro e depois vai para o ambulatório específico.

Cardiologia

Especialidade que faz o diagnóstico de doenças relacionadas ao coração e ao sistema circulatório. Primeiro o atendimento é feito no Pronto Socorro e depois vai para o ambulatório específico após o processo de triagem.

Endocrinologia

A endocrinologia é um ramo da medicina que estuda o funcionamento dos hormônios no organismo humano. Além disso, é responsável pelo diagnóstico e tratamento de disfunções hormonais.

Gastroenterologia Pediátrica

A Gastroenterologia Pediátrica é a área médica responsável por auxiliar o pediatra na assistência de jovens e crianças às doenças relacionadas ao aparelho digestivo, desde o diagnóstico até tratamento clínico de doenças.

Genética

Também conhecida como a ciência dos genes, é o ramo da biologia que estuda as estruturas das características biológicas que passam de geração para geração.

Nefrologia

Especialidade voltada para o tratamento de doenças do sistema urinário, como as que acometem os rins.

Pneumologia

Atendimento que prioriza tratar pessoas com doenças no sistema respiratório, como os pulmões. Inicialmente o paciente vai para o Pronto Socorro e depois é encaminhado para o ambulatório específico.

Hemotologia/ Oncopediatria

É o ramo da biologia que faz uma pesquisa sobre o sangue e todas as suas células. A oncopediatria é uma especialidade da oncologia que é voltada para doenças que atingem crianças.

Neurologia

Subespecialidade que trata doenças que atingem o sistema nervoso e o sistema muscular, que pode se manifestar na infância ou adolescência.

Infectologia

Infectologia é a especialidade que se encarrega de fazer o diagnóstico de doenças causadas por microorgamismos como bactérias, vírus, protozoários ou fungos. O primeiro atendimento é feito no pronto-socorro, depois o paciente é encaminhado ao ambulatório específico.

Reumatologia

A Reumatologia é uma área médica que consiste em tratar doenças associadas ou não a úlceras genitais, lesões de pele, dores articulares, inflamação nos olhos e alterações neurológicas. Isto é, doenças dos tecidos conjuntivos.

Emergência

O Pronto Socorro tem funcionamento de 24 horas por dia, todos os dias da semana. Além disso, existem na instituição, unidades complexas com sistemas de monitoração contínua, as chamadas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Quando os pacientes se encontram em estado grave, ficam sendo monitorados por uma equipe muito bem treinada, com equipamentos de última geração. Tal trabalho faz toda a diferença na hora da recuperação do paciente.

Essas são as especialidades da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Vale lembrar que o serviço de emergência requer uma série de cuidados específicos, visto que na maioria das vezes o paciente se encontra entre a vida e a morte. Há mais de 120 anos a instituição tem desenvolvido um trabalho sério que preza a ética e a responsabilidade social.

Para saber mais informações a respeito, entre em contato com o departamento responsável pelo atendimento emergencial.