Fundada a quase 200 anos, a Santa Casa Angra dos Reis é referência em obstetrícia, conheça!

A Santa Casa Angra dos Reis

A Santa Casa Angra dos Reis, foi fundada em primeiro de junho de 1832. Com o mesmo objetivo das Santas Casas, o Hospital acolhia os doentes das classes mais pobres, através da beneficência e caridade.

Os pacientes atendidos que possuíam condições financeiras ajudavam com doações para manter o hospital, enquanto os menos favorecidos, por vezes ofereciam o próprio trabalho para ajudar a Santa Casa Angra dos Reis.

A Santa Casa Angra dos Reis atualmente atende a toda a demanda da cidade e também dos municípios de Paraty, Mangaritiba e Rio Claro, em um total de 254.042 habitantes.

Especialidades da Santa Casa de Angra dos Reis

A Santa Casa Angra dos Reis, atende a população em várias especialidades, em destaque podemos citar os atendimentos voltados para a área obstétrica, com foco em paciente de alto risco.

Além disso a Santa Casa Angra dos Reis atua nas seguintes especialidades:

  • Fisioterapia
  • Psicologia
  • Serviços de Nutrição
  • Serviços Sociais
  • Oncologia

Situação das Santa Casas no Brasil

As Santas Casas surgiram com o intuito de oferecer atendimento médico e hospitalar as pessoas mais carentes e sempre foram símbolo e referência de humanidade em nosso pais.

Porém nos últimos anos a situação das Santa Casas vem se agravando.

É cada vez mais comum encontrarmos instituição com problemas financeiros, e dividas gigantescas, que comprometem os atendimentos, a qualidade dos serviços e até mesmo a manutenção das mesmas.

Não é possível precisar os motivos que levaram as Santas Casas a este cenário tão devassador, mas é sabido que a origem dos problemas passa pelos repasses de verbas insuficientes, e pela má gestão dos recursos recebidos.

Situação da Santa Casa Angra dos Reis

Como a maioria das Santas Casas no Brasil, a de Angra dos Reis também enfrenta problemas financeiros, a dívida total da instituição ultrapassa os vinte milhões. O Hospital já sofreu intervenção pública a 05 anos.

Em janeiro de 2018, foi firmado acordo com a prefeitura para o a dívida da Santa Casa Angra dos Reis, fosse parcelada e quitada gradativamente, porém na prática os repasses vem sofrendo atrasos.

Por esse motivo a Santa Casa Angra dos Reis, encontra-se em uma situação delicada, inclusive com possibilidade de deixar de prestar atendimento a comunidade.

Sem recursos e com um dívida que só cresce, o hospital encontra dificuldades para pagar os salários dos funcionários e não consegue contratar novos membros para a equipe.

Como resolver o problema?

O problema das Santas Casas é grave em todo o país, e é difícil precisar como pode ser resolvido. O que fica evidente que são necessárias novas políticas públicas de gestão destes hospitais, onde a prioridade seja a otimização dos recursos recebidos.

Fazer mais com menos, evitar desperdícios e focar no que realmente é essencial.

A exemplo da Santa Casa de Franca, que contornou a crise financeira, através de uma gestão focada na otimização dos recursos financeiros e hoje é referência na área.

Alternativas existem, basta foco e força de vontade para fazer acontecer, assim não somente a Santa Casa Angra dos Reis, mas como todas as demais podem voltar a ser referência.